O imprevisível aconteceu.

Da noite para o dia, um vírus surge e os empregos de milhões de pessoas ficaam ameaçados.

Provavelmente és uma das pessoas que foram despedidas ou forçadas a entrar em Layoff por conta desta situação.

Neste momento, talvez te sintas frustrado, com receio do futuro, inseguro e perdido a nível profissional.

Apesar de tudo que estamos a viver atualmente, eu acredito que este é também um momento de oportunidades.

É como a velha história: “tu vês o copo meio cheio ou copo meio vazio?”

Independente dos acontecimentos que ocorrem nas nossas vidas, nos fazemos sempre uma escolha:

-Deixamo-nos ir na maré e ver no que isto vai dar…

Ou…

-Decidir tomar as rédeas das nossas vidas e assumir uma atitude proativa face aos acontecimentos.

Se pertences ao grupo de pessoas que decidiram ter uma atitude proativa, peço que me acompanhes ao longo deste artigo, onde vou partilhar contigo as 5 atitudes para lidares com o despedimento e o layoff

5 atitudes para lidares com o despedimento/layoff

Este momento que estás em casa é a altura ideal para olhares para ti e para as tuas aspirações, de forma a conhecer-te melhor como pessoa.

É esse ponto de partida essencial para reconstruir a tua carreira.

 

1. Tu não és o teu trabalho

Muitas pessoas assumem o seu papel profissional como sendo elas próprias.

As suas carreiras são vistas como um meio para obter determinado status ou reconhecimento da sociedade, fazendo depender disso a sua motivação profissional e até mesmo a sua satisfação com a vida em geral.

Pelo facto terem sido tomados pela perda (mesmo que temporária) dos seus trabalhos, esta situação pode, no limite, contribuir para a degradação da autoestima e confiança dessas pessoas.

Se estás neste grupo de pessoas, é importante dissociares o facto de teres sido despedido da tua responsabilidade, pois esta situação não decorreu por tua causa, mas sim pelas circunstâncias que vivemos com esta pandemia.

 

2. Aprende a lidar com as tuas emoções negativas

É provável que sintas neste momento um misto de emoções negativas, devido à incerteza sobre o teu futuro profissional e as implicações que isso pode ter na tua vida.

O primeiro passo para lidar com essas emoções negativas, é permitir-te sentir e ter consciência dessas emoções. Esta abordagem ajuda-te a teres maior consciência daquilo que sentes.

O Segundo passo, consiste em aceitares a situação e as circunstâncias que te levaram a sentir essas emoções.

Aceitação funciona como a válvula que permite ir libertando a pressão causada pelas tuas emoções.

Aceitar as circunstâncias, não significa que te rendas à situação, antes pelo contrário, permite abrir espaço para a responsabilidade pessoal:

-“Ok isto aconteceu comigo, o que posso eu  fazer para reverter esta situação?”

Outra estratégia simples, consiste em fazer alguma atividade física, pois ajuda a mudar o nosso estado emocional negativo. Experimenta! 😉

 

3. Descobre as tuas paixões

No dia-a-dia tão preenchido as pessoas não têm tempo de parar e olhar para elas de uma forma mais profunda.

Esta é altura certa para poderes aprofundares o teu autoconhecimento. Um bom ponto de partida é pegares num caderno e caneta e responder às seguintes questões:

  • Quais são os meus objetivos de longo prazo?
  • O que me apaixona?
  • O que me inspira?
  • O que me faz acordar motivado e entusiasmado?

Ao responderes a estas questões terás mais clareza sobre aquilo que te move.

Neste sentido, deverás ter em conta estes elementos para alinhar a tua vida pessoal e profissional, de forma a garantir o teu nível geral de satisfação e realização na tua vida.

4. Desenvolve as tuas competências

Além das tuas paixões, deves aproveitar para refletir sobre os teus pontos fortes e os teus pontos fracos.

Num processo de transição de carreira é importante ter claro as tuas competências mais desenvolvidas, bem como aquelas que precisas de desenvolver para ter um melhor desempenho a nível profissional.

Além disso, este exercício permitirá que tenhas uma maior clareza das oportunidades profissionais que às quais poderás concorrer.

Com a democratização da informação, é possível aproveitares este momento para fazeres cursos online ou ler livros que te permitam desenvolver alguns conhecimentos ou competências em áreas específicas.

5. Mantem-te ocupado

Ter algumas atividades que preencham o teu tempo, é uma forma de te manter motivado e mais sereno.

Além disso, é importante manteres uma rotina, tal como tinhas num normal de trabalho, pois isso vai fazer toda a diferença para o teu equilíbrio emocional.

Por exemplo: deves evitar andar o dia todo de pijama (tal como as pessoas doentes), em alternativa, deves vestir algo mais condizente com um dia normal de trabalho 😉

Aproveita o teu tempo para experimentar novos hobbies ou explorar novos interesses. Quem sabe, se após esta reflexão novas perspetivas possam surgir perante a tua vida.

 

Acredito que estas 5 atitudes para lidares com o despedimento/layoff farão a diferença no teu dia-a-dia.

Lembra-te que só vives uma vez, por isso escolhe viver uma vida que valha a pena!

Se gostaste deste artigo, por favor patilha nas tuas redes sociais, para a mensagem chegar a mais pessoas.

Combinado?

Tem um ótimo dia.

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.