6 consequências que a insatisfação com o trabalho pode gerar na tua vida

Um estudo realizado em 2014 (Eurobarómetro) demonstrou que apenas 32% dos trabalhadores Portugueses se encontram satisfeitos com o seu trabalho.

Trabalhar em algo que não nos satisfaz, pode afetar seriamente a nossa vida como um todo, gerando assim, um sentimento de insatisfação com a vida.

E tu? Como te sentes em relação ao teu trabalho?

Será que fazes parte do grupo dos 70% das pessoas que estão insatisfeitas com o seu trabalho?

Se sim, eis o impacto que tudo isto pode causar na tua vida:

 

1ª Consequência – Síndrome de domingo à tarde

O fim de semana está quase a terminar e começas a sentir aquela angustia só de pensar que amanhã já é 2ª feira e que mais uma semana longa e desgastante de trabalho está prestes a começar.

Este sentimento impede-te de aproveitar da melhor forma o domingo, que seria uma boa oportunidade para retemperar forças e te dedicares em passar tempo de qualidade com o teu/tua esposo(a) e filhos.

 

2ª Consequência – Felicidade intermitente

As pessoas que trabalham em algo que detestam, ficam mais bem-dispostas e alegres quando a sexta-feira à tarde se aproxima ou quando faltam apenas uns dias para as suas férias.

Se isto acontece contigo, é um sinal claro de que vives numa prisão profissional o que impacta negativamente na tua felicidade e satisfação com a vida em geral.

Não podes de maneira nenhuma fazer depender a tua felicidade das vésperas de fins de semana, férias ou feriados.

 

3ª Consequência – Impacto negativo no ambiente familiar

Devido à frustração causada pelo trabalho, é muito provável que ao chegar a casa a pessoa não se sinta com energia, nem paciência para brincar com os seus filhos, e/ou passar tempo de qualidade com o seu/sua esposo(a).

Além disso, há mais tendência a discussões entre o casal por pequenas coisas, pelo simples facto de estar saturado e irritado com o seu trabalho.

6 consequências que a insatisfação com o trabalho pode gerar na tua vida

 

 

 

 

4ª Consequência – Nível financeiro

Se trabalhas em algo que detestas, muito provavelmente o teu nível financeiro irá ser afetado com isso.

Em primeiro lugar se estás desmotivado com o teu trabalho, o teu nível de entrega por aquilo que fazes será baixo e com isso dificilmente irás ser promovido e ter o tão desejado aumento salarial.

Por outro lado, uma pessoa que esteja insatisfeita com seu trabalho é mais propensa a comprar coisas por impulso, como forma de suprir a sua insatisfação com a vida em geral.

 

5ª Consequência – Desequilíbrio na saúde e bem-estar

O stress, a ansiedade e a frustração causada pelo trabalho levam a uma má qualidade de vida, podendo causar insônias, depressão, doenças do coração, envelhecimento precoce ou transtornos alimentares.

É frequente as pessoas que chegam a casa frustradas com o seu trabalho, procurarem gratificação imediata de forma a obter alguma satisfação momentânea, como por exemplo: comer doces ou snacks, ingerir álcool, sentar no sofá para ver televisão, etc.

Estes comportamentos aliados à falta de motivação para fazer exercício físico e cuidar da sua alimentação levam à degradação da saúde e do bem-estar generalizado da pessoa.

6ª Consequência – Desmotivação generalizada

Depois de um dia de trabalho desgastante, o nível de energia física e mental é baixo e com isso a pessoa não tem vontade de fazer nada.

Não tem vontade de fazer exercício físico ou de se dedicar a algum projeto paralelo pelo qual tem paixão ou talvez buscar um novo emprego…

…ou ainda a pessoa não tenha motivação para fazer planos para sair de casa com a família no fim de semana, resolver questões pendentes da casa, ou se dedicar aos seus hobbies.

Se tens um ou mais destes sintomas por conta do teu trabalho, é hora de parares e pensares seriamente sobre a tua carreira.
Imagina o que será viveres a tua vida até te reformares arcando com estas consequências?

Será que valerá a pena viver assim?!

Claro que não!

Eu acredito que toda e qualquer pessoa tem o direito de fazer algo profissionalmente que o entusiasme e o faça sentir feliz e realizado com aquilo que faz.

Neste sentido, estou a preparar uma aula ao vivo gratuita, onde vou partilhar contigo “Os 3 passos essenciais para descobrires um trabalho que te realiza”.

Essa aula irá acontecer daqui a duas semanas na minha página do Facebook. Se ainda não fizeste “gosto”, aproveita agora para o fazer aqui http://facebook.com/marcelosilva.pt

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.