Porque o Sucesso não é necessariamente sinónimo de felicidade

Sucesso e felicidade

Sucesso significa conquistar aquilo que tu queres, e felicidade é querer aquilo que conquistaste” (Dale Carnagie).

Sabes qual o problema de estares demasiado focado em alcançar os teus objetivos?

É estar sempre focado no próximo objetivo que se segue na tua lista.

 

Para entenderes o que te quero dizer com isto eis o seguinte:

As pessoas tendem a viver as suas vidas com a expectativa que vão ser felizes apenas quando alcançar os seus objetivos: seja casar, mudar de emprego, comprar o gadget de última geração, perder os quilos que têm a mais, comprar a casa ou o carro dos seus sonhos, etc.

 

Na verdade, quando alcançam cada um dos seus sonhos ou objetivos que se propuseram, sentem uma alegria momentânea, mas passados alguns dias, a casa nova, ou o objeto que compraram já não tem o mesmo impacto.

 

Assim sendo houve um pico de felicidade e depois disso, o nível de felicidade vai-se desvanecendo com o tempo até alcançar o nível de base de felicidade que existia anteriormente.

 

A felicidade é como uma Peregrinação!

 A felicidade não está tanto em alcançar o que se pretende, mas em desfrutar e apreciar a jornada para lá chegar!

Para entenderes a lógia do que te estou a dizer, vamos fazer um paralelismo com o aquilo que e eu considero ser uma das experiências mais enriquecedoras: Peregrinação a Santiago de Compostela.

 

Eu não me considero uma pessoa religiosa, contudo, já fiz 4 peregrinações a santiago de Compostela.

Sabes porque eu faço esta peregrinação?

 

O meu objetivo não é chegada a Santiago de Compostela, mas sim a caminhada em si. O facto de chegar ao final do dia onde superei o desconforto e o cansaço, os momentos de introspeção ao longo do dia, a conexão comigo e com a natureza e conhecer as outras pessoas de culturas diferentes é para mim o mais enriquecedor da peregrinação.

 

Durante a jornada, apesar do cansaço e do desconforto eu sinto-me realmente feliz e alegre e a chegada à Praça do Obradoiro (Plaza del Obradoiro) e o simples apreciar da imponente catedral é o coroar da jornada.

 

Da mesma forma, não devemos passar pela vida em busca de alcançar o próximo objetivo, mas antes, devemos viver cada dia e cada etapa que nos leva na direção do próximo objetivo.

 

O que acontece é que as pessoas, fruto do ritmo do dia-a-dia, focam-se demasiado no futuro e por isso se sentem frequentemente ansiosos, ou no passado o que faz com que se sintam mais tristes e deprimidas.

 

A vida acontece no momento presente e não no passado ou no futuro.


A felicidade e o Momento Presente

Quando estamos com a nossa atenção focada no momento presente, conseguimos realmente saborear cada
trago de comida, ouvimos plenamente o que o nosso filho/a, companheira/o nos está a dizer, estamos mais conscientes (em vez de estar em piloto automático) de tudo o que pensamos, sentimos e fazemos…

 

Por isso devemos viver a nossa vida como um peregrino: disfrutar cada dia e viver cada experiência e

cada etapa que nos leva na direção da meta.

 

Devemos viver o momento presente sem colocar, para além do necessário, demasiada atenção no passado ou

no futuro.

(é assim que as crianças vivem: focadas no presente)

 

Outro dos fatores da felicidade é a Gratidão!

 

Aqueles que estão apenas focados no próximo objetivo, nem tempo têm para se sentir gratos por ter alcançado os seus objetivos.

 

A gratidão é o caminho direto para a felicidade.

 

Agradece não só os grades feitos que alcançaste, mas também as pequenas coisas que dás por garantido: o ar que respiras, a comida que comes, a casa onde vives, a filha/o a esposa/o que tens…

Quando sentes gratidão, sentes-te mais sereno, realizado e feliz.

 

 

 

Eis duas práticas simples para seres feliz no dia-a-dia:

  • Diariamente, desafia-te a identificar 3 coisas pelas quais estás grato;
  • Foca-te no momento presente quando estás fazer as tarefas corriqueiras (comer, lavar os dentes, dirigir…) e assim serás mais feliz.
  • Para mim a felicidade é o nível máximo de sucesso!!!

Com este simples exercício serás capaz de…

  • Definir o que é verdadeiramente importante para ti a nível profissional;

  • Aumentar os teus níveis de motivação e realização profissional com o teu trabalho atual;

  • Ter mais clareza dos aspetos que verdadeiramente te entusiasmam e te energizam mais;

  • Definir os próximos passos para transformar a tua relação com o teu trabalho atual para algo muito mais positivo e prazeroso;

  • A ter clareza do novo caminho profissional, caso seja essa a tua opção;

  • Descobrir os teus talentos, capacidades e características pessoais mais marcantes, que te vão ajudar a ser um profissional mais motivado e satisfeito no teu trabalho

Para teres acesso ao exercício faz o download do PDF Gratuito com exercício completo. Apenas necessitas de preencher o formulário com o teu nome e email para ter acesso imediato. >>> Acesso ao exercício em PDF

Gostas-te? Partilha este artigo:

Facebook
Pinterest
LinkedIn
Twitter
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *